Dores no corpo podem ser reação emocional

micro

Por Taty Bruzzi

Às vezes, sentimos determinadas dores pelo corpo e não sabemos o motivo para que tenham se instalados ali. Pode ser por uma lesão ou inflamação, claro. Entretanto, mesmo uma dor muscular pode ter fundo emocional.

E como, infelizmente, a dor é algo comum em nossas vidas, nos resta saber identificar sua causa e buscar a solução, de modo que possamos viver com saúde e bem-estar. Confira!

Preste atenção aos sinais do seu corpo

Como falamos inicialmente, nem todas as dores no corpo significa uma lesão grave. Ela pode estar enviando-lhe um sinal, pedindo que dê atenção especial para algum campo da sua vida.

Dores musculares, por exemplo, costumam ser as mais comuns. Estas, podem ter sido motivadas por um movimento brusco, um esforço excessivo ou, ainda, uma noite mal dormida.

Por outro lado, de acordo com especialistas, as dores musculares apontam para dificuldades em aceitar mudanças. Assim, a falta de flexibilidade em lidar com a vida pode prejudicar a pessoa. Por isso, o ideal é adaptar-se às mudanças.

Articulações: nosso músculos e articulações são flexíveis. Pegue eles como exemplo e renove-se. Busque novas experiências para sua vida.

Braços: você anda carregando alguém com muita carga emocional e isso não é bom.

Cabeça: geralmente, indica que você tem um problema a ser resolvido, mas ainda não sabe como agir. Então, a tensão acaba provocando um quadro de estresse. O indicado é relaxar, deixando a meste mais leve. Assim, irá ficar mais fácil pensar em uma solução.

Cotovelo: a região também indica alguém que não aceita mudanças.

Dente: pode indicar que você esteja passando por um probelma difícil, mas ao invés de reagir está se deixando levar pelo problema. O ideal é pensar positivamente e manter a fé de que logo tudo irá passar.

Dor que causa fadiga: você anda tedioso. Dê um Up na sua vida buscando novas experiências.

Dores em várias partes do corpo: de acordo com especialistas, como o nosso corpo é formado por energia, a partir de momento que você se deixa levar pela negatividade, irá sofrer com dores, além de ter uma queda na imunidade. Dê atenção aos sinais!

Estômago: significa que algo de desagradável nao foi digerido bem.

Garganta: todo mundo já teve dor de garganta pelo menos ma vez na vida, pode ser um dos sintomas da gripe ou inflamação. Entretanto, o sintoma também tem relação com a dificuldade em perdoar outra pessoa ou a si mesmo. A dica é pensar bastante sobre qual motivo para sentir-se assim e ter um pouco mais de compaixão.

Gengivas: tirando a gengivite, ocorre quando há dificuldades em tomar decisões ou um quadro de pouca intolerância.

Joelhos: está relacionado ao orgulho. Um pouco mais de humildade pode lhe favorecer bastante, assim como aceitar as diferenças.

Mãos: há falta de conexão com quem está ao seu redor. Procure conquistar novos amigos, além de estreitar seus laços de amizade com os mais antigos.

Ombros: você já deve ter escutado a expressão “peso nos ombros”. Pois é, dores nesta região significa que há uma sobrecarga emocional. Ninguém deve carregar tanto peso (responsabilidades) sozinha, divida-os com alguém. Evite acumular problemas, busque soluções.

Parte superior das costas: você anda se sobrecarregando. O ideal é encontrar alguém que lhe dê apoio emocional, com quem possa compartilhar os seus problemas.

Pés: ocorre com quem probabilidade a sofrer de depressão. Neste caso, a dica é buscar um novo sentido à sua vida, algo para lhe distrair e afastar de pensamentos negativos como, por exemplo, um bichinho de estimação.

Quadris: aponta para alguém com receio de colocar suas ideias em prática. Posicione-se!

Região lombar: indica falta de apoio emocional ou de dinheiro.

Sacro e cóccix: dores nestas regiões estão relacionadas a problemas que devem ser resolvidos com certa urgência, mas você não está dando a devida atenção.

Tornozelo: pede para que você seja um pouco mais tolerante e não se cobre tanto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *