Higiene insuficiente dos olhos pode até causar doenças

Sem-Título-1

Todos os dias, a cada momento, nossos olhos estão expostos a várias influências externas: dos poluentes do ar aos cosméticos e bactérias. Embora pálpebras e pestanas possam conferir alguma proteção, esta mesma região também é muito sensível podendo não proteger adequadamente ou também sofrer as consequências desta exposição. Dentre elas, doenças inflamatórias dos olhos, como conjuntivites, ou das pálpebras, podendo até causar problemas na córnea. Para evitar ou minimizar estes problemas, uma boa limpeza dos olhos pode fazer a diferença.

Além da poluição atmosférica, principalmente nos dias mais quentes e secos do ano, delineador, lápis, rímel, sombra e pó compacto, por exemplo, podem ser tão agressivos em determinadas pessoas, que acabam desencadeando conjuntivite. Os mais propensos a alergias precisam lavar bastante o rosto antes de dormir. Segundo o oftalmologista Lúcio Maranhão, do Hospital de Olhos de Pernambuco (HOPE), este hábito deve ser mantido sempre. “Afinal, se não estiverem bem higienizados, pode haver mais coceira e o hábito de coçar pode contribuir para a contaminação”, afirma.

Sobre a higienização – muitas vezes, lavar o rosto já significa uma boa limpeza dos olhos. O ideal é que seja feita com sabonetes infantis, os glicerinados, que são mais suaves. Shampoos neutros ajudam a retirar qualquer resíduo de maquiagem ou poluição sem agressões, assim como colírios lubrificantes, desde que devidamente prescritos pelo médico. É importante utilizar maquiagens de boa procedência e retirá-la do rosto, sempre antes de dormir. “A higiene é fundamental mesmo após as cirurgias oculares e outros tratamentos”, conclui Dr. Lúcio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *