Família procura militar desaparecido

A família do Oficial da Marinha Brasileira, Jean Dantas de Oliveira , 45 anos, morador da cidade de Olinda, está desesperada à procura de seu paradeiro. Jean saiu de casa, em Jardim Atlântico, Olinda, Região Metropolitana do Recife,  no dia dia 27 de dezembro, em direção ao Hospital Naval e desapareceu antes mesmo de chegar no trabalho.  O Veículo do Militar, um Renault Clio KRV 1705, também encontra-se desaparecido.

Após buscas em hospitais, Delegacias , IML e Delegacia de roubos e furtos, a família pede a quem tiver alguma notícia que possa ajudar na localização do militar, avisar pelos fones 81- 98167-8846 / 81-99914-7492 .

Procura-se Laika

Por Gabriel Diniz

O desaparecimento de uma cadela tem mobilizado as redes sociais, na manhã deste sábado. A família e amigos da dona do animal têm feito um apelo para encontrar ‘Laika’, uma cachorrinha da raça poodle, que desapareceu na noite desta sexta-feira (15), em Jardim Atlântico, Olinda, região metropolitana do Recife. A familia está desesperada e oferece uma recompensa para quem devolver o animal de estimação.

Caso você tenha informações sobre Laika, poderá entrar em contato (a cobrar, se for o caso) pelos fones (81) 9.8828.3749 ou (81) 9.8644.6077 (Glauce Azevedo).

A difícil tarefa de transitar pelas calçadas de Olinda

O simples ato de transitar pelas calçadas das ruas das grandes cidades vem se tornando uma verdadeira aventura, principalmente no estorno de grandes estabelecimentos comerciais, de ensino ou qualquer outro gênero. Um exemplo disso é o que acontece no entorno da Faculdade de Medicina de Olinda, Região Metropolitana do Recife, principalmente na rua Doutor Manoel de Almeida Belo, em Bairro Novo, Olinda.

“Aqui não há fiscalização da companhia de trânsito do município. Os carros ficam estacionados em locais proibidos , em esquinas, sobre calçadas… atrapalhando o trânsito e fazendo com que os pedestres circulem pelo meio da rua, sob o risco de acidentes”, relata o internauta Ricardo Ferraz.

Pelo CTB, a imobilização forçada do veículo por tempo indeterminado sobre o passeio é considerada infração grave. Além da perda de 5 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) o condutor é autuado com multa no valor de R$ 195,23, além de ter o carro removido.